menu
Topo
Nina Lemos

Nina Lemos

Fernanda Montenegro é alvo de ataques e baixaria aos 89 anos. Como pode?

Nina Lemos

2011-12-20T18:13:02

11/12/2018 13h02

Reprodução/TV Globo

Fernanda Montenegro tem 89 anos e mais de 70 anos de carreira (!). Ela é uma das maiores mulheres brasileiras. Alguém duvida? Até ontem, eu achava que não.

Para mim era óbvio que Fernanda era um dos grandes exemplos de mulher brasileira. Eu achava que todo mundo respeitava a atriz genial que, só para citar alguns exemplos, já foi indicada ao Oscar e ganhou um Urso de Prata no Festival de Berlim. Além do talento, Fernanda sempre foi exemplo de dignidade.

E continua sendo. Meu sonho, e de muitas outras mulheres: ser a Fernanda Montenegro quando crescer. Imagina, ter 89 anos e ainda trabalhar por amor, ser provocativa, lúcida e atuante?

Fernanda Montenegro, essa mesma, que até semana passada era reverenciada como a "Grande Dama do Teatro Brasileiro", está sendo xingada desde ontem de coisas tão constrangedoras que me recuso a reproduzir na íntegra aqui. Para resumir, vamos dizer que existem milhares de comentários nas redes sociais onde ela é chamada de "véia safada".

É chocante ver uma senhora, patrimônio do Brasil, tratada dessa maneira. E, mais do que isso, nenhuma pessoa deve ser chamada de "véia safada", seja quem for. Existem limites, educação etc. Onde esses limites foram parar?

Todo o ataque (que, repito, não teria justificativa possível) acontece porque, no domingo, Fernanda fez um discurso emocionado na premiação de "Melhores do ano 2018 do Domingão do Faustão" dizendo, entre outras coisas, que ela e colegas atores e atrizes não eram "responsáveis pela corrupção do país através da lei Rouanet."

Fernanda não ofendeu ninguém. Ela deu uma opinião. Na verdade, a atriz fez um desabafo clamando por respeito. Recebeu em troca uma das maiores faltas de respeito que já vi na vida.

"A ignorância é vizinha da maldade", cantava Renato Russo. E parece ser verdade, já que no meio do ataque, tem gente mandando a Fernanda Montenegro "ir trabalhar!". Fernanda Montenegro trabalha há mais de 70 anos.

Os que atacam Fernanda Montenegro são aqueles que adoram falar em meritocracia. E, está aí. Se ela pode ter uma vida confortável hoje (é o mínimo) é por mérito. Filha de um mecânico e de uma dona de casa, ela foi criada em um  subúrbio carioca. Começou a trabalhar, ao mesmo tempo em que estudava, ainda adolescente.

Mas, quem liga? O lance é lacrar na internet, detonar, zoar e rir muito.  Chamar alguém de "véia safada" é preconceito contra a idade? É, junto com desrespeito e falta de educação mesmo.

Uma das coisas que Fernanda disse, com os olhos marejados, emocionada, é que a Internet era uma terra de ninguém. Depois de ler os ataques à Fernanda, fica difícil não concordar. A internet nos trouxe uma liberdade incrível, ganhamos voz, mas também deu espaço para uma arrogância e uma falta de educação inacreditáveis. É triste.

Desculpa, Fernanda, eles não sabem o que fazem…

Sobre a autora

Nina Lemos é jornalista e escritora, tem 46 anos e mora em Berlim. É feminista das antigas e uma das criadoras do 02 Neurônio, que lançou cinco livros e teve um site no UOL no começo de 2000. Foi colunista da Folha de S. Paulo, repórter especial da revista Tpm e blogueira do Estadão e do Yahoo. Escreveu também o romance “A Ditadura da Moda”.

Sobre o blog

Um espaço para falar sobre a vida das mulheres com mais de 40 anos, comportamento, relacionamentos, moda. E também para quebrar preconceitos, criticar e rir desse mundo louco.