PUBLICIDADE

Topo

Projeto verão. Quer ter corpo fitness em apenas um mês? Relaxe, não vai dar

Nina Lemos

09/12/2019 04h00

Você não vai ficar igual a Gracyanne em quatro semanas. Relaxe! (Reprodução: Instagram)

"Exercícios para ficar com o corpo perfeito em um mês"

"Eu vou emagrecer! Eu posso! Eu quero! Eu consigo!"

"Adeus celulite, olá, bumbum na lua!"

Essas frases foram encontradas no Instagram, em uma pesquisa feita usando a TAG #ProjetoVerão, que tem mais de um milhão de postagens. O tempo passa, décadas mudam, mudam os meios pelos quais nos comunicamos e paqueramos. Antes era telefone, agora é WhatsApp. No passado, não existia aplicativo de paquera e a gente tinha que sair para paquerar. Tudo muda. Mas uma coisa permanece firme e forte desde que lembro de começar a ler (e escrever) conteúdo direcionado para mulheres: "O Projeto Verão", praticamente uma instituição da culpa. 

Veja também

Por anos a fio, entre  2000 e 2015, trabalhando para a  "Revista TPM", produzi especiais que faziam piadas e alertavam contra o risco de dietas e programas de exercício de última hora. 

Passaram-se 15, 20 anos. E os projetos verão, junto com as ordens para mulheres, continuam. Podem reparar. É sempre assim: Corra! Faça! Levanta dessa cadeira! Ainda dá tempo! Como se estivessem gritando com a gente. E como se as mulheres que não aderissem ao tal projeto fossem preguiçosas. 

Uma coisa que todos os médicos concordam e já ouvi da boca de uma dezena deles é: milagres não existem. Então, vamos ser realistas. Não, você não vai perder 10 quilos em 10 dias. Se você tentar conseguir  isso, talvez você consiga é ficar doente, fraca, se sentir mal. E….. em nome de que? 

Do corpo dos sonhos, aquele perfeito? Que perfeição?  Só para lembrar de novo, as imagens do Instagram muitas vezes são manipuladas e, mesmo quando não são, as musas fitness, por exemplo, dedicam suas vidas ao corpo, fazem isso todos os dias. É o trabalho delas. Você não vai conseguir um corpo de uma musa fitness em um mês. Desista. 

Mas, eles dizem, tudo é possível desde que você tenha "foco" e "não vale desistir!". 

Enquanto isso, a indústria da magreza e do corpo malhado continua vendendo idéias perigosas, dietas da moda. A primeira de que me lembro foi a dieta da lua, eu devia ter uns 10 anos quando todas as mulheres que eu conhecia aderiram, depois vieram a dieta de Beverly Hills, a dieta paleolítica, dieta das cores. Uma enormidade de novas soluções mágicas, mas cheias de sacrifícios. 

Nesse caso, não trago boas notícias. Por mais que a gente fale em ter uma imagem positiva do corpo, em se aceitar como é etc., existe uma parte das novas mídias (Instagram, Youtube) dedicada ao contrário de tudo isso:  as dicas fáceis de como ter um  corpo magro, malhado, aos milagres. E o projeto verão, além de não morrer, ficou ainda mais "sofisticado."

Cirurgia? Jejum?

Para o projeto verão 2020, existem médicos pela internet sugerindo cirurgias como se colocar silicone fosse simples como comprar um biquini novo. "Porque a mulher vai se sentir mais autoconfiante com um maiô e um top". Sim, eles usam a ideia de autoconfiança e empoderamento para vender que mulheres façam cirurgias plásticas apenas para uma estação. 

Existe também a dieta da moda, "o jejum intermitente", que significa pular algumas refeições e ficar horas sem comer. Um perigo. O tipo de coisa que não pode ser feito sem orientação médica de jeito nenhum. E, na boa, pensem, vale a pena fazer um sacrifício como jejuar para usar um biquíni? Além disso, claro, existem centenas de novos tratamentos estéticos, como um ácido que combate a flacidez e pode ser usado nos braços, abdome, pernas e glúteos.

Se alguém resolver fazer tudo isso, apesar de passar o próximo mês de cama, vai se encher de dívidas, porque tudo isso, além dos riscos, custa caro. Sempre lembro de uma piada da amiga Milly Lacombe sobre essas dietas malucas. "Dieta milagrosa: em uma semana ela perdeu 7 dias!"

Claro que ninguém tem que nada, claro que você deve fazer uma plástica se quiser, malhar, perder peso. Agora, tudo em um mês? Tudo para o verão? Pense se faz sentido. E, lembre-se, tem muita gente lucrando com isso. E, no fundo, o objetivo do verão é… tomar sol. E relaxar. Não é uma temporada de guerra como eles sugerem quando gritam para a gente: "corra!" "mexa-se!". Não esqueça disso… Então… relaxe!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Nina Lemos é jornalista e escritora, tem 46 anos e mora em Berlim. É feminista das antigas e uma das criadoras do 02 Neurônio, que lançou cinco livros e teve um site no UOL no começo de 2000. Foi colunista da Folha de S. Paulo, repórter especial da revista Tpm e blogueira do Estadão e do Yahoo. Escreveu também o romance “A Ditadura da Moda”.

Sobre o blog

Um espaço para falar sobre a vida das mulheres com mais de 40 anos, comportamento, relacionamentos, moda. E também para quebrar preconceitos, criticar e rir desse mundo louco.

Nina Lemos